Curvas

As curvas de ferro fundido são fabricadas de acordo com a norma NBR 7675.

1ª etapa – definir o tipo de curva

Essas peças vêm em 4 opções distintas de ângulo de curvatura que fazem dela uma curva mais aberta ou mais fechada. São eles 90°, 45°, 22,50° e 11,25°. 

2ª etapa – definir o diâmetro nominal (DN) da peça

As curvas de ferro fundido podem variar entre 50 e 2.000mm. Nos catálogos essa informação aparecerá nas colunas escritas DN (ou diâmetro nominal)

3ª etapa – definir a pressão nominal (PN) da peça

São três opções de classe de pressão: 10, 16 e 25. Nos catálogos essa informação aparece no campo PN (ou pressão nominal).

4ª etapa – definir o tipo de junta

As curvas podem ter duas opções de juntas: com bolsa ou flangeadas. As curvas com bolsa podem ter 4 tipos distintos de travamento: JGS (Junta elástica), JTI (Junta Travada Interna), JTE (Junta Travada Externa) e JM (Junta Mecânica)

5ª etapa – definir se tem pé

As curvas flangeadas podem vir ou não com um pé de apoio, já as curvas com bolsa não têm a opção de curvas com pé.

6ª etapa – definir o revestimento

As peças podem vir em 3 revestimentos distintos a depender da agressividade do fluido transportado. Temos a linha natural (azul), a linha clássica (preta) e a linha integral (vermelha). Utiliza-se as linhas natural e clássica para água bruta ou tratada e redes de distribuição e a linha integral para esgoto.